12 de junho de 2017 às 08:40

Delitos investigados na Operação Conexão eram comandados de dois presídios

Delegada Elaine Schons orientou sobre importância da denúncia e dificuldade de coibir os pequenos furtos. Fotos: Genaro Caetano/Rádio São Luiz e divulgação 27ª DPR

Autoridades de segurança seguem no cumprimento de mandados de prisão na manhã de hoje (12), dando sequência à Operação Conexão, referente ao combate ao tráfico de drogas. Presente na Delegacia de Polícia de São Luiz Gonzaga, a reportagem da Rádio São Luiz conversou com a delegada regional Tanea Regina Bratz. Ela informou que o comando dos delitos investigados eram provenientes dos presídios de São Luiz Gonzaga e Santiago.

Diversas localidades foram alvo do cumprimento de mandados, mas o lugar que teve o maior movimento foi a Vila Auxiliadora. A operação deslocou a imprensa regional e agentes de delegacias de São Luiz Gonzaga, Santa Rosa, Santiago e Santo Ângelo.

Dependência

Entrevistada pela reportagem da Rádio São Luiz, a delegada Elaine Schons falou sobre a dificuldade em lidar com a prática de furto dos usuários: “Não temos como prender todos os usuários que praticam furto”, diz a delegada, ressaltando o difícil controle desta prática por meio dos métodos habituais.

Na sociedade atual, desfigurada pelas consequências do tráfico de drogas, que vão desde os furtos até latrocínios, ela destaca a importância da denúncia, por mais simples que possam ser os objetos desses furtos, pois o usuário dependente da droga toma posse daquilo que vê pela frente, com o único propósito de trocar por dinheiro ou drogas.

Leia mais

Nota divulgada pela delegada Tanea Bratz

Operação Conexão: mais de 2kg de maconha encontrados em residência

Operação na manhã de hoje resulta em mais prisões e um foragido

PC cumpre 47 ordens judiciais contra o tráfico em São Luiz Gonzaga

Galeria de imagens

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz