31 de agosto de 2017 às 16:52

Audiência pública debaterá situação precária do IPE

Vereadora diz que usuários do IPE começaram a migrar para o SUS. Foto: Genaro Caetano/Rádio São Luiz

No próximo dia 5 de setembro (terça-feira), a partir das 16h, será realizada audiência pública sobre a situação do IPE – Instituto da Previdência do Estado do RS. Em participação no programa Expressão Livre desta quinta (31) a vereadora Ana Barros (PT) falou sobre os motivos que levaram a essa audiência.

Ana lembrou do dia em que levou ao plenário da Câmara sua preocupação com o IPE, mesmo dia em que o vereador Laureano Castilhos (PSDB) o fez. Sendo assim os dois encaminharam o pedido de audiência pelo Legislativo.

Foi solicitada a contratualização da Prefeitura local com o IPE para que a mesma seja levada à audiência. A vereadora ainda ressaltou que este não é um problema local, pois representações de outros municípios entraram em contato, interessados em levantar a situação do IPE em suas comunidades.

Para Ana, o problema do IPE hoje não diz respeito apenas aos seus segurados, pois tem a ver com todo o Sistema Único de Saúde. Hoje existe uma precariedade na disponibilidade dos atendimentos médicos, com casos de segurados tendo que marcar especialidades até para o ano de 2018. Não atendidos pelo IPE os usuários acabam migrando para o SUS.

Como os usuários do IPE têm valor específico descontado em sua conta, o direito ao atendimento não pode ser ignorado. Esse será o grande assunto da audiência marcada para o dia 5.

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz