12 de agosto de 2017 às 09:22

O “até breve” da irmã Maria

Ela foi transferida para Erechim por motivo de saúde. Fotos: Alcides Figueiredo/RSL

Nesta semana o Lar do Idoso São Vicente de Paula ficou sem uma de suas “irmãs”. Entretanto, as religiosas pertencentes a congregação que há anos assiste os internos de entidades como o Lar seguirão fazendo parte da rotina dos idosos, porém, agora com uma nova integrante.

Por motivos de saúde, a Irmã Maria Samojeden foi transferida para Erechim e em seu lugar chegou a Irmã Sibila Odorcizk. A nova irmã é natural de Guaporé e trabalhava em Santa Cecília (SC).
A reportagem da Rádio São Luiz acompanhou a “passagem de cargo”, da qual também participou a madre Lucia Maria Junges. Entrevistada por nosso repórter Alcides Figueiredo, ela ressaltou a importância de se manter uma representante da Congregação no Lar do Idoso.

Despedida
A irmã Maria Samojeden prestou seus serviços no Lar do Idoso de São Luiz durante 14 anos. Apesar de estar indo embora, ela garantiu que ainda pretende retornar após recuperar sua saúde.

Renovação
Sobre a possibilidade de destinar irmãs para outras entidades, a Madre, que já trabalhou no Hospital São Luiz Gonzaga nos anos 70, disse que hoje praticamente não há adesão de jovens à causa da Congregação, fazendo com que a destinação ou simples reposição do quadro de membros seja algo complicado.

A equipe 1060 deseja plena recuperação à Irmã Maria e também boas-vindas à Irmã Sibila!


Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz