2 de outubro de 2017 às 10:53

Cpers segue na luta pelos direitos dos educadores

A categoria da Educação segue mobilizada contra o parcelamento de salários imposto pelo Governo do Estado. Nesta segunda-feira (2) representantes do 33º Núcleo do Cpers de São Luiz Gonzaga viajam até Porto Alegre para acompanhar os desdobramentos de mais uma sessão da Assembleia Legislativa de terça-feira, onde o movimento faz pressão para assegurar seus direitos.

Em visita à redação da Rádio São Luiz, o diretor do 33º Núcleo, Joner Marchi Nascimento, disse que o Governo prioriza o setor das grandes empresas em detrimento dos trabalhadores. Para o entrevistado, há outras maneiras de enfrentar a situação adversa nas finanças, sem infligir tanto prejuízo aos trabalhadores.

Escolas locais

Sobre a situação das escolas, reuniões são feitas frequentemente entre as diretorias. Na Escola Polivalente, por exemplo, o assunto está em pleno debate. No Instituto Rui Barbosa há professores que voltaram, enquanto outros seguem aderindo à greve. No interior, segundo Joner, algumas escolas devem paralisar atividades a partir de hoje, pois muitos professores estão sentindo os efeitos da falta de pagamento, ficando cada vez mais insatisfeitos.

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz

Foto em destaque: Genaro Caetano/Rádio São Luiz