10 de outubro de 2017 às 09:06

Em greve, policiais civis exigem salário integral

Delegacia local mostra faixas em apoio à greve. Foto: Jilvan Santos/Rádio São Luiz

Desde a segunda-feira (9) policiais civis do Estado entraram em greve. Segundo o comando da UGEIRM, sindicato que representa a categoria, a adesão em nível de Estado foi de 100%, mantendo-se apenas os serviços de emergência.

Em São Luiz Gonzaga a situação não é diferente. Insatisfeitos, os agentes exigem a integralização dos pagamentos, com o fim do parcelamento que aflige não apenas a categoria da Segurança Pública, mas outros setores, como o da Educação.

A intenção é seguir com o movimento até o dia 17, quando a folha deverá ser integralizada. Entretanto, os policiais não garantem que a greve vai parar caso ocorra um novo anúncio de parcelamento – também é pauta das reivindicações a questão do atraso em promoções da categoria.

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz