23 de novembro de 2017 às 10:05

Com índice de 50%, Supervisor alerta produtores a não perder prazo para comprovar vacinação

Estamos chegando ao final de mais uma campanha de vacinação contra a Febre Aftosa no Estado e a 17ª Supervisão Regional da Agricultura, com sede em São Luiz Gonzaga, trabalha para que os produtores cumpram o compromisso de vacinar seus animais (bovinos de 0 a 24 meses) e comprovar a vacinação.

Entrevistado no programa Expressão Livre desta quinta (23), o supervisor regional Alonso de Andrade disse que, até o momento, apenas 50% do total dos produtores prestou contas da imunização de seus animais. Ele alerta para que os proprietários não deixem a comprovação para a última hora, pois nunca se sabe se haverá prorrogação no prazo.

A imunização do rebanho deve ser feita até o dia 30 de novembro, com prazo de cinco dias úteis para comprovação junto à inspetoria ou órgão responsável pela fiscalização agropecuária.

Zona livre de aftosa

Sobre a meta para esta campanha, Alonso disse que, na campanha passada, obteve-se índice de 99,64% e por isso o objetivo agora é alcançar os 99,70%. O cumprimento dessas metas é muito importante pelo fato de o Governo do Estado estar pleiteando auditoria do Ministério da Agricultura para se tornar zona livre de aftosa sem vacinação.

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz

Foto em destaque: Divulgação internet