23 de dezembro de 2017 às 22:22

Carlos Sperotto, presidente da Farsul, morre aos 79 anos

Morte do ruralista gerou grande repercussão entre lideranças políticas e entidades do estado. Foto: Canal Rural

Presidente da Federação da Agricultura do Estado (Farsul) há vinte anos, Carlos Sperotto foi vítima de um câncer no esôfago. Natural de Palmeira das Missões deixa a esposa, quatro filhos e netos.

Além da Farsul, o líder ruralista ocupava a presidência do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado (Sebrae-RS) e era vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Entre os fatos que marcaram sua atuação no setor rural destacam-se o Programa Nacional de Tipificação de Carcaças Ovinas, do qual foi fundador, a Federação Brasileira de Criadores de Ovinos Carne (Febrocarne), da qual foi presidente, e a Associação Brasileira de Criadores de Texel (Brastexel), a qual também presidiu. Ele também era conselheiro da Cotrijuí e diretor dos sindicatos rurais de Santo Augusto e Ijuí.

Em nota, o Governador do Estado, José Ivo Sartori, escreveu que Sperotto era um homem à frente de seu tempo, de posicionamento firme, honesto e íntegro, que deixa um legado inestimável para a agricultura do Rio Grande do Sul. O corpo está sendo velado na sede da Farsul, em Porto Alegre. O sepultamento será às 10h deste dia 24.

Fonte: Rádio São Luiz