26 de dezembro de 2017 às 12:21

Irmão da vítima do acidente fala sobre grave momento enfrentado pela família

Mais de 48 horas após o acidente na madrugada de domingo (24), o irmão mais velho do jovem de 15 anos que está internado em Santa Rosa falou com nossa reportagem sobre o caso. Ele, que mora em Santa Catarina, estava na cidade para as festas de fim de ano e desde então tem acompanhado o caçula.

Leia mais: três jovens ficam gravemente feridos em acidente de trânsito em São Luiz Gonzaga

Jovem internado em Santa Rosa: estado é grave, mas estável, diz hospital

O acidente

“Levei ele para uma festa de aniversário e pedi para que me ligasse quando saísse – não importava a hora, mas ele pegou uma carona. O acidente aconteceu faltando três quadras para chegar em casa. Foi a primeira festa na qual ele ficou até às 5h da manhã”, pontua o irmão.

Conforme o boletim de ocorrência, o Fiat Uno descia a Rua Venâncio Aires e bateu em um Volkswagen Bora que entrava à esquerda na Rua Hipólito Ribeiro. Com o impacto o motorista perdeu o controle e colidiu no muro. Os três ocupantes ficaram feridos, dois com mais gravidade. O motorista teve ferimentos na face, mas já foi liberado. O outro carona, que segue internado em São Luiz, teve fratura na perna.

Com traumatismo craniano e fratura na perna direita, o menino transferido para Santa Rosa foi o que ficou em estado mais grave.

Não é o momento de encontrar culpados

“Foi uma soma de fatores. É um erro e um carro que não oferece segurança nenhuma. O menino que dirigia está desolado. Foi mais uma fatalidade e não queremos culpar ninguém. Eu vi comentários na página sobre bebida e escrevi lá pedindo orações”.

Família e amigos

Além deste irmão que assumiu a responsabilidade de proceder com a parte burocrática que envolve esta situação – e que demonstra uma enorme força, o menino internado em Santa Rosa tem outro irmão que também mora em Santa Catarina e que está com ele no Hospital Vida & Saúde. Os pais estão profundamente abalados. “Ontem o pai foi lá e desmaiou duas vezes”.

Um grupo de amigos tentou visitá-lo, mas não conseguiu entrar uma vez que ele está na UTI.

Atual situação e os boatos

“A gente fez tudo o que tinha que fazer, agora é com o cara lá em cima”. O jovem está internado na UTI com uma fratura na perna direita e com um trauma no cérebro. Poucas horas após o acidente ele já estava na cirurgia que durou quase quatro horas. Ele respondeu alguns testes, mas segue em estado grave. Está respirando com ajuda de aparelhos e sedado.

Os médicos aguardam para ver se o quadro dele evolui. No momento não há o que ser feito.

Com a gravidade da situação muitos boatos surgiram a respeito da morte da vítima – o que não é verdade. O irmão pede para que este tipo de informação não seja espalhada e agradece todos aqueles que têm rezado pela saúde do jovem.

“Não desista meu irmão… a vida é mais bela do que imaginamos… Estou aqui na porta para te levar para casa. Na terça-feira passada conversamos sobre o teu projeto de vida e reforço: nada vai mudar”.

Fonte: Rádio São Luiz