29 de dezembro de 2017 às 14:07

Presidente da Coopatrigo avalia ano e anuncia próximos investimentos

Presidente informou que, neste ano, faturamento foi de R$ 950 milhões. Foto: Genaro Caetano/Rádio São Luiz

Em um ano marcado por algumas dificuldades enfrentadas por produtores e cooperativas no tocante aos preços do mercado do agronegócio, o presidente da Coopatrigo, Ivo Batista, fez um balanço do trabalho em 2017. Em participação no programa Olho Vivo, ele também informou sobre alguns investimentos que a Cooperativa vai fazer em 2018.

Em primeiro lugar, Ivo destacou os 60 anos da Coopatrigo comemorados em 2017. Este, por si só, já foi um acontecimento que marcou o ano da Cooperativa, mesmo que algumas metas não tenham sido alcançadas, como a principal delas, que era de chegar a R$ 1 bilhão de faturamento.

Mesmo assim, considerando todas as dificuldades encontradas em termos de preços, a Coopatrigo encerra 2017 com resultado de R$ 950 milhões, superando o ano passado. Como resultado líquido foram obtidos mais de R$ 40 milhões, montante que foi repartido entre a Cooperativa e seus associados, na forma de crédito em todos os setores da Coopatrigo.

Investimentos

Com foco em 2018, o Presidente informou sobre os primeiros investimentos na região. Vêm aí mais duas lojas veterinárias e de insumos, em Capão do Cipó e na localidade de São José, em Santo Antônio das Missões. Em breve Garruchos receberá um novo silo, com capacidade para 100 mil sacas. Outro investimento será feito na localidade de Rincão do Meio, com um silo para 75 mil sacas e um novo secador.

Em relação ao setor secundário, Ivo disse que a Coopatrigo segue investindo na construção de uma agroindústria de beneficiamento de aveia branca para ração animal. O plano de implantar outra indústria de aveia branca, para consumo humano, também continua nos planos.

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz