22 de dezembro de 2017 às 16:16

Vereador Edemar fala sobre primeiro ano de trabalho na Câmara em 2017

Edemar participou do programa Olho Vivo. Foto: Genaro Caetano/Rádio São Luiz

O programa Olho Vivo desta sexta (22) teve a participação do vereador Edemar Matos (PDT). Estreante nesta legislatura, ele fez um balanço de seu trabalho na Câmara Municipal, considerando as atribuições pertinentes ao cargo.

Primeiramente o vereador mencionou que, em um ano onde foram realizadas 52 sessões, de seu gabinete partiram 55 itens na forma de requerimentos, proposições entre outros. Para o entrevistado, esse volume demonstra o comprometimento deste início de trabalho, pois o vereador é um representante da comunidade e deve estar atento a todas as demandas da população.

Ainda sobre essa responsabilidade, Edemar acrescentou que, como membro da Câmara, procurou estar sempre por dentro dos assuntos que eram debatidos e, principalmente, votados em plenário. Um exemplo foi a questão da mobilização para regularização fundiária de residências em algumas localidades do Município. Por não entender completamente o assunto, solicitou comissão especial, para saber exatamente o que estaria em votação.

Emendas

Edemar também informou sobre algumas emendas e solicitações de apoio a políticos da esfera estadual e federal. Durante seu primeiro ano de mandato ele obteve emenda de R$ 148mil do deputado Giovani Cherini (PR), para o Hospital São Luiz Gonzaga, a qual já está empenhada.

Ele também garantiu que está encaminhado outro aporte, de R$ 250mil, de seu correligionário Afonso Motta. Por meio do ex-prefeito de São Borja, Farelo Almeida, o vereador ainda encaminhou pedido ao deputado Cherini para que um kit odontológico fosse remetido ao ESF do Bairro Presidente Vargas, cuja confirmação ainda está no aguardo.

Por Genaro Caetano/Rádio São Luiz