Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Vereador Francisco Lourenço comemora manutenção do turno integral na Escola Padre Miguel Fernandes

Educandário é o único do Rincão de São Pedro e corria o risco de fechar. (Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

Na terça-feira (10), comitiva formada pelos vereadores Francisco Lourenço e Ana Barros, acompanhados da coordenadora regional de educação, Mônica Justo, esteve em Porto Alegre pleiteando reivindicação da comunidade do Rincão de São Pedro. O objetivo era encontrar uma saída para que a Escola Padre Miguel Fernandes mantivesse o atendimento em dois turnos.

Em entrevista nesta sexta-feira, Francisco Lourenço comemorou o resultado do encontro, pois, segundo ele, já na quarta-feira a Secretaria de Educação do Estado sinalizou positivamente para o projeto apresentado. Trata-se de uma horta comunitária, que foi elaborado pela Emater, Secretaria de Agricultura e UERGS.

“O Governo do Estado havia sinalizado para a suspensão do turno da tarde, o que mais adiante poderia significar o fechamento da escola. A comunidade escolar então se mobilizou e nós articulamos encontros e realizamos várias reuniões no munícipio e na capital, visando atender a reivindicação”, explicou o vereador.

A Escola Padre Miguel Fernandes é a única na comunidade de Rincão de São Pedro e tem papel fundamental na formação de mais de 70 crianças, uma vez que também cede espaço físico para alunos da educação infantil do município.  “Temos que parabenizar a diretora Vania Souza Santiago, diretora da escola, pela luta para que o objetivo fosse alcançado. A partir de agora, por meio deste projeto, a escola, que dispõe de quatro hectares de terra, poderá realizar sua atividade extracurricular com a horta comunitária”, concluiu Francisco Lourenço.

UERGS

Na entrevista, o parlamentar também falou sobre a atual situação da edificação que abrigará a UERGS. Segundo o vereador, o Executivo deve encaminhar solicitação ao Legislativo para que o município possa fazer a entrada de água e luz na área onde será iniciada a obra. “A empresa que fará a construção já está na cidade e acreditamos que ainda neste mês iniciem as obras de construção do espaço físico da universidade”, finalizou.

Fonte: Rádio São Luiz

Sair da versão mobile