Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Cineasta bageense retrata a saga missioneira em documentário

O cineasta Zeca Brito: temas missioneiros (Foto: Joba Migliorin/Divulgação)

O filme “Trinta Povos”, do cineasta gaúcho Zeca Brito, estreou segunda-feira (dia 17) no Festival de Cine de Punta del Este, que está se realizando em sua 23ª edição . Organizado pela Intendência de Maldonado, é o festival de grande importância latinoamericana.

O documentário “Trinta Povos”, da Anti Filmes e Boulevard Filmes, foi escrito, produzido e dirigido por Zeca Brito, que divide o roteiro com Jardel Machado Hermes e Maria Elisa Dantas. O filme é o sétimo longa-metragem do diretor bageense e aborda o legado das missões jesuíticas na América Latina.  O cineasta comenta: “É um filme que faz uma visão crítica sobre a história e traz questões políticas acerca da ocupação territorial que começa em 1606, com a chegada do jesuíta, e alcança os dias atuais com os conflitos agrários nesse território.”, entre outras observações.

O documentário, que tem a duração de 78 minutos, reúne e contrapõe diversos depoimentos de nativos e pesquisadores sobre arte, religião e política, entre outros assuntos.

 

Por Paulo Gasparotto

 

Sair da versão mobile