Nota oficial da AMM sobre a situação de calamidade relacionada à pandemia do Coronavírus

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DAS MISSÕES, em deliberação conjunta dos Prefeitos da região, em vista das medidas que estão em curso para evitar ou reduzir o avanço da pandemia do coronavirus (covid19)  que assola o mundo, comunica a população que vem acompanhando os acontecimentos, bem como a situação epidemiológica no país e em nosso Estado, confirmando o resultado positivo das ações até agora praticadas com firmeza e responsabilidade. Por isso, os gestores estão analisando a possibilidade de ajustar parte do decreto de calamidade pública à dinâmica dos fatos e sobretudo à necessidade de compatibilizar as restrições impostas com a sobrevivência da nossa economia, já combalida pelos efeitos da seca. Assim, o decreto permanece vigorando com todos os seus termos inalterados até o dia 30/03/2020, quando haverá uma definição conclusiva sobre as novas medidas a serem adotadas, no sentido de retomar as atividades produtivas, agropecuárias, serviços e comerciais, mantendo as restrições aos grupos de risco e todas as exigências sanitárias, de limpeza, de uso de materiais e equipamentos e da vedação às aglomerações.

A AMM e os Prefeitos Municipais tem a certeza de que as restrições adotadas até o presente momento se fazem imperiosas e estão gerando resultados, mesmo com seus efeitos colaterais. A hora é de agir com determinação para retomar a atividade geral da comunidade, mas jamais abrindo mão dos cuidados e procedimentos de prevenção e precaução efetiva.

Cerro Largo, RS, 27 de março de 2020.

 

Puranci Barcelos dos Santos

Prefeito de Santo Antônio das Missões

Presidente da AMM