Durante a janela partidária, MDB de São Luiz Gonzaga tem reduzida sua bancada na Câmara de três para dois vereadores

Durante o período da janela partidária, o MDB de São Luiz Gonzaga teve reduzida a sua representação na Câmara de Vereadores do município. Com a migração dos vereadores Aldimar Machado e Reni Rodrigues Lopes para o PDT, e o ingresso do vereador Laureano Castilho, agora ex-PSDB, o partido conta com dois edis em sua bancada ao invés de três.

Em entrevista à Rádio São Luiz, o vereador Laureano comentou sobre a motivação de sua saída do partido tucano e ingresso na sigla emedebista. Segundo ele, dois fatores foram fundamentais para sua decisão: a situação do PSDB em São Luiz Gonzaga e o bom relacionamento com integrantes do MDB, principalmente, com o colega de Câmara José Antônio Flach Werle e demais membros da Executiva do partido.

Segundo Laureano, “agradeço ao PSDB que foi o partido pelo qual ingressei na política e agora pretendo trabalhar pela minha causa (Laureano é atuante na defesa dos animais  abandonados) junto ao MDB, o qual sempre tive bom relacionamento com seus integrantes e também por conta do trabalho do deputado estadual Gabriel Souza, que tem foco na causa animal. Agradeço aos deputados do PSDB que sempre me ajudaram, como o Pedro Pereira (estadual) e Lucas Redecker (federal), os quais proporcionaram a emenda para a aquisição de um castramóvel para o município, e agora seguirei com minha atuação junto ao MDB”, destacou Laureano.

Nos últimos dias, o MDB realizou diversas filiações de novos correligionários, dentre eles, alguns pré-candidatos a vereador para disputar o pleito na próxima eleição. Após a janela partidária e o período de isolamento social imposto pela situação do Coronavírus no país, o partido irá realizar um evento de abonação dos novos integrantes do MDB em São Luiz Gonzaga.

Fonte: Rádio São Luiz