Unidades de saúde realizam vacinas de rotina até quarta-feira

A Secretaria de Saúde informa que nesta segunda (6), terça (7) e quarta-feira (8), as salas de vacinas das unidades de saúde realizam as vacinas de rotina. A imunização de rotina estava suspensa até o dia 15 de abril, devido a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe.

Para a imunização, é necessário apresentar a carteira de vacina e o cartão SUS. Na ocasião, a vacinadora irá verificar a caderneta e a situação vacinal da pessoa para iniciar ou completar o esquema de imunização, conforme os calendários de vacinação.

A pasta também ressalta que a primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe continua, com a imunização de idosos com 60 anos ou mais (nas próprias residências) e de profissionais da saúde. A primeira etapa encerra no dia 15 de abril.

CALENDÁRIO 

A segunda etapa começa no dia 16 de abril. Diferente do primeiro calendário divulgado pelo Ministério da Saúde, serão incluídos na segunda etapa da imunização gratuita: caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários. Também será antecipada a vacinação para os grupos de funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa e população privada de liberdade.

Os professores (do ensino básico ao superior) de instituições públicas ou privadas, nas quais as aulas estão suspensas, serão vacinados na terceira fase da campanha, a qual inicia no dia 9 de maio.

Confira calendário de vacinação completo com as alterações:

1ª fase (início 23 de março) – idosos (60 anos ou mais) e trabalhadores da saúde;

2ª fase (inicia em 16 de abril) – profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; caminhoneiros; motoristas de transporte coletivo e portuários;

 3ª fase (inicia em 9 de maio) – professores das escolas públicas e privadas; crianças de seis meses a menores de seis anos; gestantes; puérperas; povos indígenas; adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA

Foto: Arquivo / Prefeitura de São Luiz Gonzaga