Presidente da Assembleia faz transmissão em cadeia de rádio no RS

Com a participação de dezenas de emissoras, o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), participou, na manhã desta quarta-feira, de um programa transmitido ao vivo em cadeia de rádio para todo o Rio Grande do Sul. A Rádio São Luiz transmitiu o programa na manhã de hoje, durante a programação da FM 100.9.
A partir do estúdio da Rádio Assembleia, em Porto Alegre, o parlamentar respondeu a perguntas enviadas por profissionais das emissoras sobre temas do momento atual, como o coronavírus, a estiagem que assola o Estado, a crise econômica e a atuação dos deputados estaduais.
Apresentado pelo jornalista André Machado, superintendente de Comunicação e Cultura da Assembleia, o programa teve duração de 30 minutos e começou com uma homenagem aos profissionais da saúde que estão na linha de frente do enfrentamento ao coronavírus. Polo manifestou solidariedade a esses profissionais ao comentar a morte de uma técnica de enfermagem do Hospital Conceição, a primeira vítima do segmento devido à doença no Estado.
O parlamentar relatou ações da Assembleia para auxiliar a população gaúcha a enfrentar a pandemia de Covid-19, como o corte de despesas em diárias, passagens e verbas de gabinete que permitirá o repasse de R$ 30 milhões ao governo do Estado para ações na saúde. “Estamos em uma guerra, uma guerra contra um inimigo invisível. Todo o esforço é necessário”, afirmou, acrescentando ser favorável ao repasse de verbas do Fundo Eleitoral para o combate ao vírus no país.
Outra iniciativa comentada foi o Fórum de Combate ao Colapso Social e Econômico, que reúne mais de 20 entidades empresariais na busca de caminhos para garantir o funcionamento pleno da cadeia da alimentação e setores secundários, como forma de preservar a saúde e salvar vidas. Até o momento, foram realizadas quatro reuniões por videoconferência, que culminaram com a entrega ao governador Eduardo Leite (PSDB), ontem (7), de um protocolo de procedimentos elaborado pela Fecomércio para prevenção da Covid-19 nos estabelecimentos comerciais. “Não podemos dissociar a economia da vida das pessoas. É preciso uma flexibilização no comércio”, analisou.
Ao final do programa, André Machado comentou que a ideia é repetir esse tipo de transmissão periodicamente: “Essa é uma iniciativa que ajuda a atender de uma forma mais rápida a demanda por informação de qualidade que as comunidades do interior gaúcho têm neste momento de aflição e incertezas. A Assembleia está à disposição para intermediar as demandas e os anseios de todo o Rio Grande do Sul”, informou o superintendente de Comunicação.
Fonte: AL/RS