Paciente hospitalizado em Santo Ângelo com a COVID-19 apresenta alto índice de comprometimento do pulmão

Três familiares do caminhoneiro também estão em monitoramento, eles devem realizar o teste rápido para coronavírus amanhã. (Foto: divulgação/Prefeitura de Santo Ângelo)

Ontem (28), o Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (LACEN/RS) confirmou o diagnóstico de coronavírus no caminhoneiro, de 39 anos, hospitalizado em Santo Ângelo desde a sexta-feira passada. Ele está na UTI, com sério comprometimento do pulmão. A imprensa local noticia que grau pode chegar a 70%.

Conforme representante da Secretaria Municipal da Saúde de Santo Ângelo, ouvida pela São Luiz, o paciente possui diabetes e obesidade, o que justificaria uma evolução negativa no quadro. Três familiares do caminhoneiro também estão em monitoramento, eles devem realizar o teste rápido para coronavírus amanhã. Essa espera, segundo a fonte ouvida, é para que na eventualidade de contaminação, o vírus tenha tempo de incubação suficiente para ser detectado.

Atualmente, o município monitora 222 pessoas com quadro de síndrome gripal. Já casos suspeitos são dois, uma idosa de 66 anos e outra de 71. Uma delas, inclusive, realizou teste rápido, que deu negativo, mas aguarda confirmação do Lacen. O número de casos suspeitos, no entanto, deve subir, com pelo menos duas novas coletas sendo realizadas amanhã.

Fonte: Rádio São Luiz