Secretária de Saúde de Santo Antônio das Missões esclarece boato de caso suspeito de coronavírus no município

(Foto: André Taborda/Fronteira Missões)

A secretária de Saúde de Santo Antônio das Missões, Arriete Pereira, falou nesta sexta-feira (1º) sobre o transtorno que o boato de um caso suspeito de coronavírus no município causou ontem. Segundo Arriete, uma publicação circulou pelas redes sociais relatando que um casal havia realizado teste rápido e que o resultado era positivo para Covid-19. A mesma publicação ainda descrevia que essas pessoas seriam encaminhadas ao Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG).

Na realidade, conforme explicou a secretária, um senhor procurou o pronto atendimento e foi encaminhado ao HSLG para realizar um exame de raio-x, mas logo foi liberado para casa. Arriete destaca que este paciente, apesar de apresentar sintomas de uma síndrome gripal, não realizou teste rápido, pois o protocolo determina que o mesmo seja feito somente a partir do décimo dia de sintomas, o que não era o caso.

Ela também esclareceu que o exame de raio-x não serve para o diagnóstico de coronavírus. “Os que existem são o teste rápido, o PCR (que é analisado pelo Lacen/RS) e a tomografia”.

O paciente, que tem mais de 60 anos, está em isolamento domiciliar, como são orientados a ficar todos aqueles que apresentarem sintomas de gripe. “Nós vamos visitar ele ainda hoje para reforçar as orientações e, caso seja necessário, em uma eventual evolução, aí sim vamos realizar o teste. É importante que as pessoas procurem as autoridades de saúde antes de espalhar essas informações”, concluiu.

Fonte: Rádio São Luiz