Sicredi destinará recurso do fundo social para hospitais e secretarias municipais de saúde

(Foto: arquivo/Rádio São Luiz)

Hospital de São Luiz Gonzaga receberá R$ 185.915,13

Os gerentes das unidades Sicredi de São Luiz Gonzaga, Clauber Wesz (Senador Pinheiro) e Alexandre Fröhlich (São João), falaram nesta quarta-feira (6) sobre a distribuição das sobras para os associados e também dos recursos do fundo social que, neste ano, em virtude da pandemia, serão integralmente destinados a hospitais e secretarias municipais de saúde.

Desde o dia 23 de abril, as sobras do exercício passado estão nas contas dos associados. Na área de atuação da Sicredi União RS, o montante foi de mais de R$ 42 milhões. “É um valor que movimenta a economia local e que só existe graças a confiança do associado no nosso trabalho”, comentou Clauber. Somente em São Luiz Gonzaga, que tem cerca de sete mil associados, o retorno foi de aproximadamente R$1.650.000,00, com parte sendo aplicado em cota capital e outra em aplicação financeira.

Os bons resultados da Sicredi colocam a cooperativa entre as três melhores agências na classificação de risco de todo o mundo. Isso permite que ela possa contribuir, por exemplo, com projetos sociais, como o Fundo Social Sicredi, que destina 2,5% dos resultados da cooperativa para entidades dos municípios de atuação. Em 2020, como vivemos uma crise na saúde, a decisão foi de destinar 100% do repasse para a saúde.

A distribuição será para hospitais e, onde não houver hospitais, para as secretarias municipais de saúde. O Hospital de São Luiz Gonzaga, por exemplo, receberá R$ 185.915,13. Na região, o repasse será de quase R$ 2 milhões.

Fonte: Rádio São Luiz