Caminhoneiro são-luizense com Covid-19 é transferido de São Borja para o HSLG

(Foto: arquivo/divulgação)

O Hospital São Luiz Gonzaga recebeu ontem à noite (6) mais um paciente com diagnóstico de Covid-19; este já confirmado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS). É um caminhoneiro, de 31 anos, que recentemente esteve em São Paulo e que durante passagem por São Borja apresentou febre, tosse seca e falta de apetite.

Ele internou terça-feira, dia 5, e realizou a coleta de material genético, cujo resultado saiu por volta da meia-noite de hoje (7); quando já estava em São Luiz. Além deste paciente, os leitos reservados a pessoas com Covid-19 do HSLG, têm uma senhora, de 55 anos, testada positivamente por teste rápido, que aguarda confirmação do Lacen/RS, e o prefeito de Roque Gonzales, João Hass, que também aguarda resultado do laboratório estadual. No caso de Hass, não foi realizado teste rápido devido ao período mínimo necessário para coleta.

Segundo o médico José Renato Grisolia, a situação dos três pacientes é boa. Nenhum está precisando do uso de oxigênio e o isolamento está sendo adequado.

Grisolia, que falou durante o Olho Vivo, também comentou que o surgimento desses casos eram esperados. Ele lembra que as pessoas não estavam aderindo aos protocolos de segurança. Contudo, ele também destacou que desde segunda-feira já é possível constatar que a maioria das pessoas aderiu ao uso de máscara. “Sabíamos que na hora que aparecesse um caso, viriam os outros. Estamos preparados, mas esperamos que não seja em grande escala”, disse o médico.

Neste período de mudanças de temperaturas, Grisolia ainda destacou que muitos sintomas de gripe e resfriado podem ser confundidos com a Covid-19. Os protocolos, no entanto, indicam que um dos fatores que ajuda no delineamento dos casos é a febre, que sempre está somada a outro sintoma respiratório. Apesar disso, como ressaltou o médico, há aqueles que não apresentam nenhum sintoma.

Fonte: Rádio São Luiz