Chicão Jaeger e João Antunes falam sobre pré-candidatura ao Executivo de Bossoroca

Chicão e João Antunes lideram coligação de seis partidos. (Foto: divulgação)

Pré-candidatos defendem campanha civilizada e de respeito entre adversários políticos

Os pré-candidatos a prefeito e vice de Bossoroca, Nestor Jaeger, popular Chicão (PSDB), e João Antunes (MDB), falaram nesta quinta-feira (18) sobre os motivos que os levaram a se colocarem à disposição de suas siglas. Ao lado do PDT, PT, PTB e PSB, eles formam a União Popular (UP), coligação formalmente anunciada no último sábado, dia 13.

Segundo Chicão, a ideia de ser pré-candidato é alimentada pelo diálogo que vem tendo com a população e a vontade de que “algo diferente aconteça”. Ele lembrou que a família sempre teve suas atividades em Bossoroca e que agora chegou a vez de colocar seu nome em prol do município.

Chicão, que é filho do ex-prefeito Ardi Jaeger, citou que a ligação com João Antunes é “fruto de uma boa sintonia” e que as propostas de governo serão construídas por meio do diálogo com a população e entidades. Ele acrescentou que terá o cuidado para elaborar um plano que esteja dentro da possibilidade de ser cumprido.

Sobre o grande número de partidos (seis ao total) e como fará para distribuir os cargos em uma eventual eleição, o pré-candidato disse que desde já está tendo cuidado de conversar com as lideranças e que colocará “as pessoas certas nos locais certos”. “Formaremos as secretarias que satisfaçam os munícipes”.

Chicão acrescentou que espera e trabalhará por uma campanha alicerçada no respeito e bom entendimento entre todos. “Moramos em um município pequeno e quando terminar essa campanha vamos continuar as nossas vidas”, comentou.

Já o pré-candidato a vice, João Antunes, que já foi vereador no município, comentou que Bossoroca tem notoriedade na arte, história e cultura, mas sofre com muitas carências. Ele citou, como exemplo, a necessidade de criar mecanismos de geração de emprego e renda, incentivos à agricultura familiar e resolver os problemas habitacionais.

No mesmo tom de Chicão, ele disse esperar uma campanha civilizada e com diálogo. “Vamos traçar nossos objetivos e elaborar um bom plano de governo, que possa melhorar as questões que ainda patinam no tempo. Sempre é possível melhorar”, concluiu.

Fonte: Rádio São Luiz