Prefeito Sidney Brondani diz que decreto com as restrições da bandeira vermelha será publicado até meio-dia

(Foto: arquivo/Rádio São Luiz)

Brondani destacou que “não adianta o poder público adotar medidas mais rígidas se não houver consciência da população”

O prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, falou hoje (29) sobre a mudança da bandeira do município no sistema de distanciamento controlado do governo do estado, que elevou a classificação de risco para vermelha. Ele lembrou que após o recebimento da notícia, na sexta-feira, analisou os dados junto com o comitê para ver se havia inconsistências e observaram apenas uma diferença no número de pessoas já curadas, mas que não alteraria a posição de risco.

Brondani ressaltou que é perceptível o aumento de casos na região e que é necessário adotar medidas mais severas para que o contágio diminua ou que o avanço possa ser atendido pelos serviços de saúde. O prefeito frisou, no entanto, que “não adianta o poder público tomar medidas rígidas se a população não encarar a realidade e tomar consciência de que é preciso proteger a si e os outros”.

Até o meio-dia, segundo ele, sairá o novo decreto com as orientações que passam a valer a partir de amanhã e terão vigência de uma semana. Ele adiantou que atividades essenciais continuam, assim como alguns serviços. O prefeito, no entanto, não disse se tomará medidas mais restritivas que as impostas pelo governo do estado. “São muitos decretos. Desde o início da pandemia um altera o outro e precisamos analisar bem para cumprir o que está previsto”, comentou.

Por fim, o chefe do executivo falou sobre as duas mortes ocorridas na semana passada e transmitiu os votos de condolência para os familiares das duas vítimas fatais da doença. Ele encerrou pedindo mais uma vez que “temos que ter consciência, pois se não tomarmos os cuidados a situação pode ficar pior”.

Fonte: Rádio São Luiz