AMM vai entrar com recurso contra classificação da bandeira vermelha

(Imagem: Divulgação)

Associação tem até amanhã para encaminhar o documento

A Associação dos Municípios das Missões vai entrar com recurso contra a classificação de bandeira vermelha para a Região das Missões no modelo de Distanciamento Controlado do governo do estado. Conforme o prefeito Sidney Brondani, o comitê da entidade encontrou divergência em alguns dados apresentados ontem (17/7).

Apesar disso, o gestor comentou que a macrorregião teve piora, especialmente nos indicadores dos municípios de Ijuí e Santa Rosa. Isso, segundo ele, pode dificultar uma eventual revisão por parte do governador.

Caso o recurso não seja aceito, Brondani disse que não haverá qualquer tipo de desobediência e as medidas mais restritivas serão cumpridas. A decisão sai na segunda-feira e o mapa definitivo passa a valer a partir de terça-feira  (21/7).

É importante lembrar que os municípios de Bossoroca, Caibaté, Dezesseis de Novembro, Eugênio de Castro, Garruchos, Guarani das Missões, Mato Queimado, Porto Xavier, Rolador, Roque Gonzales, Salvador das Missões, São Nicolau , São Pedro do Butiá, Sete de Setembro e Ubiretama, que estão incluídos na Região Santo Ângelo, podem adotar as medidas menos restritivas da bandeira laranja, independentemente da atual classificação, por não terem registrado óbitos e internações por Covid-19 nos últimos 14 dias.

Fonte: Rádio São Luiz