Região das Missões vai protocolar recurso contra classificação preliminar do Distanciamento Controlado

(Imagem: Divulgação)

Na região, 17 dos 24 municípios podem adotar bandeira laranja independentemente do recurso

A Associação dos Municípios das Missões vai, mais uma vez, protocolar recurso contra a classificação preliminar do Distanciamento Controlado do governo do estado, que ontem estabeleceu a Bandeira Vermelha para a região. Há, segundo o comitê que analisa os dados locais, uma diferença nos números apresentados. Em todas as outras contestações feitas, a região teve o pedido de reconsideração aceito.

Para Sidney Brondani, prefeito de São Luiz Gonzaga, dessa vez, a diferença é muito sensível e dificilmente a reversão será conseguida. Ele explicou que não entrará com recurso individual e que caso seja mantida a decisão cumprirá a determinação a partir de terça-feira.

Ontem (24/7), durante entrevista ao programa Olho Vivo, o Coordenador Regional de Saúde, Iury Sommer Zabolotsky, reconheceu que houve uma piora nos indicadores da região. No espaço de uma semana, por exemplo, foram diagnosticados 141 novos casos.

Cabe ressaltar que os municípios de Bossoroca, Caibaté, Dezesseis de Novembro, Entre-Ijuís, Eugênio de Castro, Garruchos, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Salvador das Missões, São Miguel das Missões, São Nicolau, São Pedro do Butiá, Sete de Setembro e Ubiretama, que estão incluídos na Região Santo Ângelo, podem adotar as medidas menos restritivas da Bandeira Laranja por não terem registrado internações e mortes por Covid-19 nos últimos 14 dias.

Fonte: Rádio São Luiz