AMM não vai recorrer e bandeira para a próxima semana vai permanecer com restrições da vermelha

Mapa preliminar do distanciamento controlado no RS na 15ª semana. (Foto: Governo do RS/Divulgação)

Prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, disse que dados do estado “fecham” com os números da região

Após reunião de gestores da região na manhã deste sábado (15/8), ficou definido que a Associação dos Municípios das Missões não vai recorrer da classificação na bandeira vermelha divulgada ontem pelo estado. Conforme o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, o entendimento é que não cabe recurso pois os dados do estado “fecham” com os números locais.

Com exceção de Caibaté, Dezesseis de Novembro, Eugênio de Castro, Garruchos, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Roque Gonzales, São Pedro do Butiá, Sete de Setembro, Ubiretama, Vitória das Missões, os quais podem adotar bandeira laranja por não terem registrado óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, os demais deverão seguir a orientação estadual. A classificação definitiva sai na segunda-feira (17/8).

Brondani destacou que com as mudanças da bandeira vermelha, o comércio, incluindo restaurantes, pode funcionar das 10h às 16h, com 25% da capacidade. Igrejas também poderão seguir, com restrições. Decreto municipal deve ser publicado também na segunda-feira detalhando as restrições.

Fonte: Rádio São Luiz