Senador Luis Carlos Heinze fala sobre os recursos do governo federal destinados para a região

(Foto: Divulgação)

Parlamentar destacou que só em São Luiz Gonzaga 8.810 são-luizenses foram beneficiados pelo auxílio emergencial

O senador Luis Carlos Heinze (Progressistas) falou nesta quarta-feira (19/8) sobre o trabalho no Senado Federal e o que tem sido feito na busca por resoluções de problemas ligados à crise sanitária. Já são cinco meses de reuniões virtuais que, “apesar de não ser o cenário ideal, permitem manter a votação de pautas importantes”, destacou. Havia uma previsão de retorno às sessões presenciais no dia 15 de agosto, mas agora a projeção aponta para outubro.

“O objetivo é salvar pessoas e combater o desemprego. Não tem um dia que não estejamos ligados e tentando resolver essas duas situações que estão muito sérias aqui no Brasil”, disse o parlamentar.

Heinze falou dos recursos do governo Bolsonaro para os municípios, hospitais e setores como o agro. Como exemplo, citou o auxílio emergencial que, segundo ele, só em São Luiz Gonzaga beneficia 8.810 são-luizenses. Os recursos – somando as parcelas – devem chegar próximo de R$ 25 milhões somente no município.

“Este recurso fica na cidade, é usado para comprar alimentos, portanto fica no comércio local. No país, são quase R$ 200 bilhões só para alcançar as famílias que precisam”, destacou.

Heinze ainda falou sobre linhas de auxílio como o pronampe, cujo objetivo é auxiliar pequenos negócios. Ele disse que já foram quase R$ 19 bilhões liberados e que já estão sendo discutidas propostas para mais recursos. “Faltou dinheiro, mas semana que vem mais recursos virão e com juros satisfatórios para que os empreendedores possam manter empregados ou até contratar. Também estamos fazendo a reforma tributária que é uma demanda da indústria”, explicou.

Ele reconheceu a dificuldade de acesso ao recurso por parte de alguns empreendimentos, mas rebateu dizendo que 29 mil empresas, só no Rio Grande do Sul, já obtiveram o valor. “Temos propostas acolhidas esperando a liberação de mais dinheiro. Estamos mantendo diálogos para que isso seja facilitado”, afirmou.

Por fim, Heinze lamentou que linhas mais efetivas ao trabalhador rural ainda não tenham sido incluídas neste processo. Ele também destacou que tem se empenhado para auxiliar o hospital local e o município como reconhecimento aos seus eleitores.

Fonte: Rádio São Luiz