Partidos políticos selam acordo e Mato Queimado terá eleição de consenso pela sexta vez

(Foto: Rádio Interativa/Mato Queimado)

Unidade política na gestão administrativa do município vai completar 24 anos

Na sexta-feira (04/9), a coligação formada pelo MDB, Progressistas e PTB, com apoio formal do PT e do PDT, firmou consenso em mais uma eleição em Mato Queimado. Desde 1999, quando houve o primeiro pleito, sempre houve o acordo por uma chapa única na gestão. Esta será a sexta eleição consecutiva e o mandato vai alcançar a marca de 24 anos de unidade política.

A coligação foi constituída tendo o MDB como candidato a prefeito e o Progressistas com o candidato a vice. Assim, Joaquim Bourscheidt, que atualmente desempenha o cargo de vice-prefeito, deverá assumir a titularidade do Executivo. Mauro José Hartmann, atualmente vereador, vai para a vaga que hoje é ocupada por Joaquim.

Os partidos também apresentaram 13 candidatos a vereador, com praticamente 50% de renovação. São nove cadeiras no Legislativo. Concorreram às vagas da câmara o MDB, Progressistas e PTB.

Orlando Thomas, atual prefeito, abriu mão da possibilidade de concorrer à reeleição.

Com informações de Orcelei Dalla Barba