CPERS se reúne com prefeito de São Luiz Gonzaga solicitando posição sobre volta às aulas

(Fotos: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz)

Decisão do Executivo deve ser divulgada entre hoje e segunda-feira

Representantes do CPERS, ao lado do presidente do 33º Núcleo, Joner Alencar Marchi Nascimento, estiveram reunidos com o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, ontem (15/10). O encontro teve o objetivo de cobrar uma posição da prefeitura sobre o retorno das aulas presenciais.

No entendimento do CPERS, São Luiz Gonzaga precisa se posicionar contra o retorno enquanto não houver as condições necessárias orientadas pela comunidade cientifica. A medida, inclusive, vem sendo adotada por outras associações de municípios.

Segundo Joner, a resposta do prefeito  é que a situação está sendo analisada pelo setor técnico e jurídico. O parecer deve sair entre hoje e segunda-feira. “A posição dele é assinar pelo não retorno no momento, mas ele precisa desse parecer jurídico”, disse Joner.

“Temos exemplos de cidade como Manaus que teve grande contágio após a volta das aulas, o mesmo ocorreu na Europa. As crianças são vetores da doença. Se hoje temos estabilidade nos casos é por causa do distanciamento”, argumentou.

Ontem, o CPERS também entregou para a coordenadora Mônica Pagliusi Lopes Justo, termo que responsabiliza, no entendimento do CPERS,o governo do estado por eventuais problemas que venham a ocorrer por conta do retorno das aulas presenciais.

A definição nas escolas estaduais deve ser divulgada nesta sexta-feira.

Fonte: Rádio São Luiz