Mulher é presa temporariamente suspeita de estar envolvida no caso de corpo encontrado carbonizado

(Foto: Divulgação/PC)

A Polícia Civil realizou ontem (24) mais uma prisão temporária relacionada ao caso de um corpo encontrado carbonizado às margens da RS-168, nas proximidades da ponte sobre o Rio Pirajú, em São Luiz Gonzaga, no dia 11/11. Desta vez a pessoa presa é uma mulher.

A prisão temporária tem um prazo de 30 dias. O primeiro preso está sob custódia desde o dia 14/11. Com ele foi apreendido uma Ford Ecosport, veículo de uma pessoa que está desaparecida e que se suspeita ser a vítima do crime.

A investigação aguarda o resultado do exame de DNA, que será confrontado com o exame da mãe da pessoa desaparecida e com o sangue encontrado no veículo.

Fonte: Rádio São Luiz