São Luiz Gonzaga terá estação experimental para ensinar o manejo de novas culturas

(Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

Instalada na Escola Técnica Cruzeiro do Sul, a estação será usada para produzir o melhor entendimento sobre o manejo de oliveiras, erva-mate e do campo nativo

O coordenador do curso de Agronomia da Uergs – São Luiz Gonzaga, professor Eugenio Portela, e o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Ademir Gonzatto, falaram hoje, 8, sobre o andamento do projeto de pesquisa e extensão que visa transmitir o conhecimento de novas tecnologias para os produtores rurais da região. O foco do projeto, que já conta com aprovação do Ministério da Agricultura e recurso de R$ 507 mil, será produzir o melhor entendimento sobre o manejo de oliveiras, erva-mate e do campo nativo.

Conforme o professor Eugenio, a ideia é inserir essas culturas nos municípios da região e para isso é preciso estudar o passo a passo do processo de modo que mais adiante, com o resultado dessa pesquisa, o agricultor possa receber a informação consolidada e adaptada à realidade da região. Propor alternativas de desenvolvimento agropecuário sustentável também é uma das metas do projeto.

A estação experimental ficará instalada na Escola Técnica Cruzeiro do Sul, mesmo local da unidade da Uergs. Haverá também a participação da Emater, especialmente no momento de criar unidades demonstrativas em outros municípios da região.

Ademir Gonzatto, que abraçou a ideia e contribuiu para o êxito do projeto, destacou a importância das instituições envolvidas. Ele lembrou que a Uergs e o Cruzeiro do Sul prestam enorme colaboração para os jovens filhos de produtores rurais.

O montante de R$ 507 mil obtido neste consórcio de municípios será dividido entre implementação e melhorias do campo nativo (R$ 119 mil), aquisição de maquinários (R$ 242 mil) e mão de obra (R$ 146 mil). Os recursos serão implementados nos dois próximos anos e monitorados por um comitê gestor.

Fonte: Rádio São Luiz