Secretário de Planejamento de São Luiz Gonzaga fala sobre programa habitacional e estrada de acesso ao Rincão de São Pedro

(Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

O secretário de Planejamento e Gestão de São Luiz Gonzaga, Francisco Lourenço, falou hoje, 15, sobre os desafios da nova função e o andamento das primeiras ações na pasta. Chiquinho destacou que a situação é diferente, que a pasta é iminentemente técnica, mas que ele, por sua experiência de 20 anos no legislativo e por ter integrado várias comissões na câmara, se sente em condições de desempenhar um bom trabalho.

Uma das primeiras providências tomada, segundo ele, foi solicitar ao executivo a reposição dos postos de engenheiro civil, pois um está de férias e outro licenciado. A solicitação foi encaminhada em caráter de urgência para a câmara.

Chiquinho disse também que, ao lado do prefeito e vice, já vistoriou áreas onde poderão ser instalados conjuntos habitacionais. Essa é uma das demandas mais importantes da pasta por causa das reivindicações da comunidade. “Temos que adiantar os desmembramentos de área para que quando o programa Casa Verde e Amarela, do governo federal, tiver andamento, o local esteja definido”.

O secretário citou que dará seguimento aos projetos de pavimentação do acesso a São Lourenço, obras no estádio, na Praça Cícero, no Parque Centenário e que já visualiza outras ações a serem colocadas em pauta.

Estrada de acesso ao Rincão de São Pedro

Sobre as obras do acesso ao Rincão de São Pedro, Chiquinho lembrou que integrou comissão – com a vereadora Ana Barros e o vereador Fraguinha – que visitou o município de Santa Cruz do Sul e verificou o excelente resultado obtido com o estabilizador de solo. A partir disso, coube ao grupo “convencer o executivo a aplicar o valor, cessando ali sua participação; com a administração e o setor técnico fazendo a licitação e o acompanhamento do trabalho”.

Ontem, 14, o secretário participou de encontro com representante da empresa para discutir os defeitos apresentados na estrada. A posição da empresa deve sair na próxima semana e a cobrança é para que o problema seja resolvido na maior brevidade possível, sempre primando pelo diálogo.

Fonte: Rádio São Luiz