Mônica Pagliusi Lopes Justo, coordenadora regional de educação, explica como será o início do ano letivo na rede estadual

(Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

Retorno das aulas está previsto para o dia 8 de março

A coordenadora regional de educação, Mônica Pagliusi Lopes Justo, falou hoje, 26, sobre os preparativos para o início do ano letivo na rede estadual em 2021. Antes, porém, ela lembrou que ainda há alunos em processo de conclusão do ano passado. “Estamos com mais uma oportunidade para aquele que teve dificuldades em entregar e acompanhar as atividades, o período de recuperação iniciou dia 13 e segue até amanhã, 29”, destacou.

Mônica informou que a rede estadual retornará dia 8 de março em modelo híbrido, ou seja, 50% no ensino remoto e 50% no ensino presencial. Essa alteração vem exigindo que sejam avaliadas as capacidades de cada sala e escola para o devido cumprimento do protocolo de distanciamento mínimo entre os estudantes.

Nos últimos dias, a coordenadora tem se reunido com diretores e prefeitos das escolas da região para alinhar os calendários. Ela explica que “é preciso haver uma sintonia” por causa do compartilhamento do transporte e até professores, pois em muitos casos os docentes trabalham nas duas redes.

Mônica espera que no segundo semestre possa haver o retorno integral dos alunos, mas que o planejamento prevê o ensino híbrido para todo o ano. “Vamos acompanhar o que for acontecendo, pode haver mudança”, reforçou.

Outro ponto destacado pela gestora diz respeito aos protocolos de contingência. Cada escola precisou adequar o seu espaço e só teve o documento aprovado após avaliação da regional de saúde. Ela lembrou que o Estado forneceu os equipamentos de proteção individual e que os itens já foram distribuídos.

Mônica encerrou informando que na segunda-feira, 1º, diretores, professores e funcionários entram em férias coletivas. As escolas estarão fechadas até início de março, quando os professores retornam para a capacitação de início de ano. A 32ª Coordenadoria Regional de Educação também estará fechada de 8 a 22 de fevereiro. Tanto nas escolas como na CRE, haverá um endereço de e-mail e um número de telefone para demandas urgentes.

Fonte: Rádio São Luiz