Presidente do Detur comenta os objetivos da visita a Brasília

José Roberto ao lado do deputado Sanderson, do presidente da Câmara de Vereadores de São Miguel das Missões, Pedro Möthci do Nascimento e do representante da Famurs, Mário Ribas do Nascimento. (Divulgação)

O prefeito de São Miguel das Missões e presidente do Detur, José Roberto, falou hoje, 8, sobre a recente viagem realizada a Brasília para “defender os interesses da Região Missioneira”. Ele informou ter se reunido com a presidente do Iphan, Larissa Peixoto, e entregue pedido para agilizar a liberação da documentação necessária ao início das obras dos acessos aos sítios arqueológicos de São Lourenço e São João Batista.

Robertão, como é popularmente conhecido, também comentou que seu mandato “vai pensar” o turismo integrado com os 26 municípios. A ideia é que todos tenham um ponto turístico e, para isso, “é preciso definir as ações estratégicas e o levantamento de custos para encaminhamento ao governo federal”; com isso espera-se obter recursos necessários para a implantação do plano.

Sobre o encontro com o Presidente da República, Jair Bolsonaro, Robertão destacou o intermédio feito pelo ministro do TCU, Augusto Nardes. Foi realizado convite para que Bolsonaro participe do lançamento da pedra fundamental da Ponte Internacional de Porto Xavier e conheça a Região das Missões. O convite será formalizado por meio de ofício encaminhado pela AMM.

José Roberto encerrou informando que liberou a realização de rodeio no município, após acompanhamento do conselho de saúde e a constatação de uma considerável queda nos novos casos de Covid-19. Segundo o gestor, São Miguel vive um momento de estabilidade, sem casos que exijam internação. O rodeio, no entanto, não será aberto ao público e não terá venda de bebidas. Ele acredita que a região possa adotar conduta semelhante em seus eventos.

Fonte: Rádio São Luiz