Em Caibaté, homem que deveria estar em isolamento recusa seguir orientações da Secretaria de Saúde e vai para a praça consumir bebida alcoólica

(Divulgação)

Ele precisou ser retirado pela Brigada Militar

Ontem, 18, a guarnição da Brigada Militar foi chamada para atender ocorrência na praça de Caibaté, onde o acusado estava consumindo bebida alcoólica com visíveis sinais de embriaguez e dizendo que estava com a covid-19. Sua esposa e sua sogra estavam internadas com a doença, após, de fato, terem testado positivo.

Segundo a Secretaria de Saúde do município, o homem teria sido orientado a permanecer em casa “e no próximo dia” deveria comparecer no Centro Covid para realizar o teste.

Foi pedido para que o mesmo deslocasse do local; conhecidos lhe ofertaram carona, mas o acusado não aceitou. Funcionários da Secretaria da Saúde de Caibaté compareceram ao local e o cidadão desobedeceu às ordens e resistiu, sendo necessário o uso dos meios moderados da força para contê-lo e para que entrasse na ambulância para ser levado para casa. Visto estar muito alterado, conforme súmula 11 do STF, para segurança do conduzido e da guarnição foi preciso algemá-lo, tendo o acusado cometido crime tipificado no Art 268 do Código Penal – Decreto Lei 2848 de 07 de dezembro de 1940. Após a ocorrência confeccionada, o cidadão foi deixado em sua residência para evitar uma possível transmissão do coronavírus.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Brigada Militar