Presidente Diamantino Marques dos Santos fala sobre os 60 anos da Cermissões

(Fotos: Arquivo/Divulgação/Cermissões)

Cooperativa completa seis décadas nesta quinta-feira, 18

A Cooperativa de Distribuição e Geração de Energia das Missões – Cermissões, completa hoje, 18, o simbólico aniversário de 60 anos. Ela foi fundada em 18 de fevereiro de 1961, em Caibaté, por 51 associados que tinham “o propósito de simplesmente deixar de lado o lampião, a querosene, a luz do candeeiro, e ter, mesmo que por poucas horas noturnas, luz e água encanada nos lares”.

Hoje a cooperativa é referência na geração e distribuição de energia elétrica, especialmente ao setor rural, e modelo no atendimento ao consumidor. Possui reconhecimento nacional e está em franca expansão.

O presidente Diamantino Marques dos Santos, que preside desde 1987, falou hoje cedo que é uma “data para marcar época, mas que fugiu dos planos devido à pandemia”. Diamantino comentou que tinha programado a “maior festa da história de Caibaté, que culminaria com a conclusão do Centro Administrativo”. Ele lamentou não poder realizar o evento.

Ao invés de uma grande festa, a inauguração do moderno Centro Administrativo, símbolo do crescimento da Cermissões, contará com a presença dos prefeitos Joaquim Bourscheidt, de Mato Queimado, Amauri Pires da Silva, de Caibaté, e dos sócios fundadores Lauro da Silva Estivalete e Hugo Antônio Lunkes. Participarão ainda alguns conselheiros e os dois engenheiros da obra.

O plano de realizar um grande evento, no entanto, está mantido. Diamantino revelou que tão logo as questões sanitárias permitam pretende fazer uma grande festa na praça de Caibaté em benefício do hospital.

O presidente comentou ainda sobre os resultados que serão apresentados na assembleia do próximo mês. Segundo ele, a cooperativa fechou o ano passado com R$ 15 milhões em caixa e R$ 18 milhões de crescimento, sendo que parte está no prédio já construído e pago.

Fonte: Rádio São Luiz