Prefeito Sidney Brondani comenta o novo decreto do Governo do Estado

(Arquivo/Rádio São Luiz)

O prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, falou hoje, 22, sobre o novo decreto do Governo do Estado, publicado no sábado, restringindo o funcionamento de atividades não essenciais das 22h às 5h. O gestor disse que tão logo foram notificados houve conversa entre os prefeitos da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e a decisão de recepcionar a decisão, até porque um dos artigos do decreto suspendia normas dos municípios que estivessem em conflito.

“Temos que tomar decisões e muitas vezes somos incompreendidos. Dificilmente tomo uma decisão de imediato, prevalece sempre o interesse público e agora o zelo pela saúde e bem estar da população”, explicou. Brondani externou sua preocupação com as novas variantes do coronavírus e os recentes casos de aglomerações clandestinas. Ele pediu que as pessoas respeitem as regras, pois a situação ainda é muito delicada.

Leia mais: Governo publica decreto que determina suspensão geral de atividades das 22h às 5h a partir deste sábado

“O contágio nunca parou. Teve períodos que diminuiu e outros que acelerou mais e é sempre consequência das aglomerações. Se não houver compreensão e conscientização não adianta”, comentou.

Brondani ainda lamentou a demora de novas vacinas e como interesse político e econômico tem afetado  que a distribuição de vacinas seja agilizada.

Fonte: Rádio São Luiz