Aulas na rede estadual iniciaram ontem em formato virtual

(Divulgação)

Em função das mudanças ocorridas no Modelo de Distanciamento Controlado, que colocou todas as regiões do Estado na bandeira preta e alerta de risco máximo para contaminação de covid-19, a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) informa que as aulas na Rede Estadual de Ensino retornam na segunda-feira, dia 8 de março, de forma remota.

Para os alunos que não têm nenhum tipo de acesso à internet, as escolas deverão realizar a entrega de conteúdo físico com materiais didáticos, por meio de agendamento prévio junto à escola.

Como o atendimento será realizado somente de modo virtual neste primeiro momento, as instituições de ensino devem fixar um cartaz em local visível com os contatos de telefone, e-mail e WhatsApp para a comunidade escolar. O contato da 32ª Coordenadoria Regional de Educação, para eventuais dúvidas, é o (55) 3352-2416.

Conforme o secretário Faisal Karam, a ação visa garantir a segurança de todos os alunos, professores, servidores e comunidade escolar. “Este é um momento difícil e nós só vamos passar por isso se estivermos unidos. O ano letivo de 2021 depende da máxima dedicação do poder público, garantindo os meios para que todos tenham acesso aos conteúdos; e das famílias, que vão ficar responsáveis pelo engajamento dos seus filhos”, destaca.

Ainda, conforme o secretário, o Estado trabalha desde 2020 para oferecer a estrutura necessária para o desenvolvimento das aulas no Rio Grande do Sul.

“Desde o princípio da pandemia, atuamos para garantir aos professores e estudantes as condições para que a Educação permaneça viva. Desde a utilização do Google Sala de Aula, oferta de plataformas de leitura, internet patrocinada e Letramento Digital aos educadores da Rede, entre outras iniciativas”, reitera.

Orientações para volta às aulas

Entre os dias 8 e 12 de março, as escolas devem agendar encontros virtuais com os alunos e familiares para uma etapa de acolhimento. Nesta primeira ação do calendário letivo de 2021, serão dadas as boas-vindas pela direção da instituição de ensino, repassadas orientações sanitárias e serão apresentados os professores e o cronograma das Aulas Remotas.

Aulas Remotas

Em 2021, as Aulas Remotas vão continuar sendo realizadas pela plataforma Google Sala de Aula.

Conforme dados do ano de 2020, dos 790 mil alunos matriculados na Rede Estadual de Ensino, 660 mil ativaram suas contas educacionais. O que significa que 82% dos estudantes já estão inseridos na ferramenta.

Em relação aos professores, dos 33,2 mil que atuam diretamente em sala de aula, 33 mil ativaram as suas contas educacionais. O que significa que 98% dos professores regentes de classe já estão inseridos na ferramenta.

Até o momento, desde julho de 2020, a plataforma Google Sala de Aula já registrou mais de 7 milhões de atividades geradas. Ainda, foram criadas mais de 36 mil turmas espelhadas e 520 mil ambientes virtuais.

Para ampliar o processo de capacitação dos professores, iniciado em 2020, será realizada mais uma edição do Letramento Digital. A formação tem o intuito de instrumentalizar os docentes para o uso das plataformas Google e outras ferramentas virtuais.

Matrículas

Diante da nova realidade, com o aumento significativo dos casos de covid-19 e da vigência da bandeira preta no Estado, a Seduc informa que o prazo para entrega dos documentos dos alunos matriculados na Chamada Pública Escolar foi estendido até o dia 22 de março, podendo serem encaminhados de forma digital por e-mail para a escola designada.

A ação visa evitar aglomerações e assegurar a vaga do estudante na instituição de ensino que foi designada.

Fonte: Secretaria Estadual de Educação