Processo de licitação definirá nova empresa para o transporte coletivo em São Luiz Gonzaga

Reunião transporte coletivo

Comissão analisou o caso e definiu pelo rompimento do atual contrato devido ao não cumprimento do mesmo  

De acordo com o parecer da Assessoria Jurídica do município, o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, instituiu uma comissão para avaliar a situação do atual contrato do transporte coletivo. Na manhã de sexta-feira, 12, a comissão – também com a participação de representante do Conselho Municipal de Trânsito (COMUTRAN), Divisão de Trânsito e Assessoria Jurídica – esteve reunida para a avaliação. O serviço de transporte coletivo é prestado pela empresa Charrua Tur, a qual paralisou as atividades e comunicou ao município o desejo de encerrar o contrato.  

Além do prefeito Sidney Brondani, a reunião contou com a participação da secretária da Administração, Elisabete Marian; do secretário de Obras, Délcio Rosseti; do assessor jurídico, Junaro Rambo Figueiredo; da coordenadora da Divisão de Trânsito, Dorema Griebeler; do chefe do Setor de Licitações, Vagner Rambo de Ávila e do integrante do COMUTRAN, Marcos Batista da Rosa.  

Na ocasião, o município definiu pelo rompimento do contrato devido ao não cumprimento do mesmo, com as devidas implicações legais para a empresa Charrua Tur. O prefeito também determinou a abertura de novo processo licitatório para a concessão do serviço (de forma emergencial ou temporária). Neste novo processo, a Secretaria de Obras e Viação irá definir o roteiro, com os quantitativos de passageiros. Já a Secretaria de Planejamento realizará as planilhas de custos. “O transporte coletivo é um serviço que precisa ser prestado no município. A situação é complicada e muitas cidades têm enfrentado problemas para manter o transporte público. Estamos trabalhando, dentro das formas legais, para que a situação seja normalizada”, afirmou o prefeito Sidney Brondani.       

Por Larissa Dorneles / AI da Prefeitura de São Luiz Gonzaga