Brigada Militar registra ocorrência de festa clandestina e atividade comercial em contrariedade aos decretos vigentes

(Divulgação)

Ocorrências registradas pela Brigada Militar durante o final de semana:

Permitir direção a pessoa não habilitada

Durante patrulhamento foi abordado um veículo Fiat Palio, sendo constatado o licenciamento vencido e seu condutor não era habilitado, portanto o proprietário do veículo permitiu direção a pessoa não habilitada. O veículo foi recolhido ao guincho e confeccionado um Boletim de Comunicação de Ocorrência Policial.

Outros crimes

Foi constatada atividade comercial em contrariedade ao decreto estadual n. 55769 e decreto municipal n. 5950, os quais visam impedir propagação de doença contagiosa, consistente em vendas na modalidade pague-e-leve. Sendo constatado aglomeração em frente à distribuidora de bebidas, confeccionado Termo Circunstanciado para o proprietário.

Lesão corporal culposa e fugo do local do acidente

A vítima relata que próximo a BR 285 um veículo com os faróis apagados, ao entrar na cidade pela Rua João Goulart, acabou abalroando em sua motocicleta, fazendo cair ao solo. O automóvel fugiu do local, não prestando socorro, apenas restou a placa pendurado em sua motocicleta, com danos e escoriações no condutor.

Entorpecente posse

Em patrulhamento foram abordados 03 indivíduos, sendo localizado 01 porção de substância semelhante a maconha e 01 esmurrugador, os quais estavam em uma mochila. Um dos indivíduos assumiu a propriedade da droga, sendo então a substância apreendida e confeccionado um termo circunstanciado.

Entorpecentes posse

Em patrulhamento foi abordado um veículo Astra e em revista ao veículo foi encontrado um cigarro de substância semelhante a maconha, um dos indivíduos assumiu a posse. A droga foi apreendida e confeccionado termo circunstanciado.

Outros crimes

Ocorrência em contrariedade ao art. 268 do código penal, na qual foi constatada atividade desfavorável ao decreto estadual n. 55769 e decreto municipal n. 5950, os quais visam impedir propagação de doença contagiosa, referente a uma festa clandestina, na qual foi constatada música com som alto e um grupo de pessoas no interior da residência. Diante disso, foi confeccionado um termo circunstanciado para o responsável pelo local.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Brigada Militar