Coopatrigo inicia mais uma turma do Aprendiz Cooperativo do Campo

(Divulgação)

A Coopatrigo, em parceria com a Sescoop/RS, está dando prosseguimento ao processo de aprendizagem com o desenvolvimento de turmas do Aprendiz Cooperativo do Campo. Na semana passada iniciaram as atividades de uma nova turma que vai funcionar na Escola Estadual Castro Alves do Rolador.

O Programa Jovem Aprendiz Cooperativo do Campo é um projeto do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, que atende as cooperativas agropecuárias com cursos de aprendizagem em atividades dirigidas aos jovens filhos de associados e/ou membros das comunidades onde a cooperativa atua, estimulando a permanência dos mesmos no campo e promovendo a sucessão familiar. O curso é desenvolvido pela Cooperconcórdia, de Santa Rosa, que já realiza este curso em várias regiões do Rio Grande do Sul. Na região da Coopatrigo já formou duas turmas, uma na Escola Santa Terezinha, de São Lourenço, e outra na Escola Aquilino de Santis, de Santo Antônio das Missões, e ainda tem outra em andamento que é na Escola Municipal Guiomar Medeiros, da Esquina Piratini, no município de Bossoroca.

A nova turma na Escola Estadual Castro Alves tem 25 alunos que foram selecionados pela própria comunidade escolar e está iniciando de forma virtual, os quais possuem um contrato de trabalho como aprendizes da Coopatrigo para participarem deste curso durante aproximadamente 1 ano e 8 meses.

A apresentação da nova turma ocorreu no dia 09 de março de forma virtual, com a presença do presidente da Coopatrigo, Ivo Batista, o presidente da Cooperconcórdia, Alexandre Dall’Agnese, o gerente de Promoção Social do Sescoop/RS, José Zigomar Vieira dos Santos, o Diretor da Escola Castro Alves, Luiz Carlos Aquino, a Secretária Municipal de Educação do Rolador, Geni Kowalski, o Secretário Municipal de Agricultura do Rolador, Isaias Vichietti, e também alunos e pais.

O presidente da Coopatrigo, Ivo Batista, durante sua manifestação destacou que este é um grande projeto para o cooperativismo e muito importante, principalmente visando o fortalecimento do trabalho cooperativista e a discussão da sucessão familiar como alicerce da busca da permanência do jovem na atividade e a importância de estarmos dando continuidade a um trabalho de extrema importância na vida destes jovens e também pensando no futuro de cada um destes.

Roberto Marques – Assessor de Comunicação Coopatrigo