Da lavanderia aos custos com medicamentos: como a pandemia impactou no Hospital Vida & Saúde

(Divulgação)

A covid-19 impactou diversos setores do Hospital Vida & Saúde. Com o acréscimo da nova estrutura da Unidade Dom Bosco e o atendimento de mais pacientes, alguns setores contaram com um aumento significativo de produção. Na Lavanderia, por exemplo, somente no mês de dezembro foram 68.360 kg de roupas lavadas – média que se manteve nos primeiros meses de 2021.

Antes da pandemia, o setor possuía uma média de 40 toneladas de roupas lavadas por mês. Em março do ano passado, quando teve início o atendimento na Unidade Covid, este índice começou a aumentar mensalmente, ultrapassando as 60 toneladas em agosto e mantendo-se em alta até agora.

Mais do que produção, o aumento gerou mais custos à instituição e demandou mais da equipe de funcionários. “Observamos um aumento muito significativo. Foi preciso remanejar as equipes, para melhor organizar o fluxo de trabalho, mantendo o atendimento em sua totalidade”, explica o diretor de infraestrutura, Rodrigo Calixto. Para atender o aumento da demanda ao longo da pandemia, o hospital adquiriu uma nova lavadora extratora e uma secadora, viabilizadas com recurso do Ministério Público Federal.

Outra mudança sentida pela instituição diz respeito ao aumento de gastos com medicamentos, materiais e equipamentos de proteção individual (EPIs).  Despesas com medicamentos utilizados durante intubações e anestésicos tiveram aumento de consumo, sobretudo a partir de janeiro.

“Nossa preocupação é não deixar ninguém desassistido, e para isso, mais do que investir em nossos profissionais, temos a preocupação constante em manter os insumos. Desde que a pandemia iniciou convivemos com constantes aumentos nos custos e dificuldade na compra de alguns materiais”, comenta a diretora-geral, Vanderli de Barros.

Diante deste cenário, o Hospital Vida & Saúde está solicitando a doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para a comunidade. Luvas, álcool em gel ou líquido, aventais descartáveis e máscaras são as maiores necessidades neste momento. As doações podem ser entregues na recepção do hospital ou ser feitas via depósito bancário nas contas do Programa Voluntariado do Hospital.

Por Jéssica Ribeiro –  Assessora de Comunicação do Hospital Vida & Saúde