Vereador José Luiz Terra Vieira repudia iniciativa que pretende privatizar a Corsan

(Divulgação)

Ele destaca que benefícios como a tarifa social deixariam de existir

A notícia de uma possível privatização da Corsan gerou repercussão em vários setores da sociedade gaúcha, especialmente o político. Em São Luiz Gonzaga, os vereadores prometem enviar uma moção de repúdio à iniciativa.

Conforme lembrou o vereador José Luiz Terra Vieira, do PT, o próprio governador Eduardo Leite havia se comprometido em não vender a companhia. O parlamentar frisou que é completamente contra a entrega para a iniciativa privada.

“Poderosos vão explorar nosso Aquífero Guarani e depois vender por alto custo. Na iniciativa privada não tem tarifa social. Hoje se o cidadão não tem condições ele negocia, parcela, tem chance de parcelar. No privado é guilhotina, não pagou cortou”, comentou o vereador.

José Luiz defende a mobilização por meio dos sindicatos e da Associação dos Legislativos das Missões. Ele reforçou que os oito deputados de seu partido já se manifestaram contra a venda e pediu que os colegas vereadores de São Luiz e região entrem em contato com os representantes de suas siglas para pressionar pelo repúdio da iniciativa.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz