Rose Grings fala sobre o momento difícil enfrentando pelas entidades tradicionalistas

(Arquivo/Rádio São Luiz)

Vereadora agora integra uma frente parlamentar que busca auxiliar o setor

A vereadora Rose Grings, que agora integra a “Frente Parlamentar dos Vereadores pela Tradição Gaúcha”, falou, nesta sexta-feira, 26, sobre as dificuldades que o setor está enfrentando. A parlamentar citou, por exemplo, casos de entidades que “mal conseguem pagar luz e água”.

É justamente para atuar em prol deste segmento que a frente foi criada. O convite para participar veio, segundo Rose, primeiro pelo jornalista Giovani Grizoti e depois pelo vereador de Farroupilha, Tiago Ilha, que preside o grupo.

Atualmente a comissão é formada por 15 vereadores, sendo Rose a única mulher, e tem o objetivo de pleitear recursos com deputados estaduais e federais. A previsão é que mais vereadores se somem ao grupo em breve.

“As entidades tradicionalistas realizam um papel muito importante com crianças, jovens, na comunidade em geral. É um trabalho social lindo. Eles estão respeitando as restrições e sem poder realizar os eventos, sua principal fonte de arrecadação. É uma realidade muito triste”, comentou a vereadora.

Rose encerrou homenageando o patrão Ramão do Piquete VacaChaça, da Floresta, que faleceu ontem, 25. “Uma grande pessoa e que deixou um legado de amizade”, concluiu.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz