Policiais Civis de São Luiz Gonzaga promovem “sirenaço” em homenagem às vítimas da covid-19

(Divulgação/PC)

Um jovem integrante da instituição morreu hoje, 31, em decorrência da doença, com apenas 36 anos

A Polícia Civil realizou na tarde desta quarta-feira, em todo o estado, um “sirenaço” em homenagem às vítimas da covid-19, entre os quais o inspetor Bruno Rafael de Oliveira Mainardi, 36 anos, de Uruguaiana, que não resistiu à doença e morreu hoje, deixando a esposa e três filhos pequenos, o mais jovem com sete meses. Desde o início da pandemia, 15% do efetivo já foi contaminado. Três policiais da ativa morreram.

A manifestação em São Luiz Gonzaga ocorreu em frente à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento. Mais cedo, vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, informou que os profissionais da Segurança Pública terão vacinação antecipada.

Fonte: Rádio São Luiz