Fetag-RS e Regional Missões II promovem mobilização contra cortes de recursos para agricultura

(Divulgação)

“Semana D de Mobilização” segue até esta sexta-feira

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS) e a Regional Missões II, bem como os demais sindicatos do estado, estão promovendo a “Semana D de Mobilização”. Conforme o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Luiz Gonzaga e Rolador, Rafael Dalenogare, a pauta é ampla, mas com destaque para a necessidade de destinação de recursos para o Proagro e Pronaf, fortalecimento do crédito fundiário Terra Brasil, manutenção de recursos para a assistência técnica, correção da linha do Mais Alimentos, entre outros.

“Para ter uma ideia, 70% dos associados da Coopatrigo são agricultores familiares”, disse Rafael ao dimensionar o tamanho do impacto dos cortes no orçamento. As medidas de contenção preocupam as lideranças sindicais que neste ano, por causa da pandemia, não puderam realizar ações tradicionais como o “Grito de Alerta”, ferramenta de pressão sobre as reivindicações.

Para sensibilizar as lideranças políticas sobre a gravidade da situação, os grupos se organizaram em várias frentes. Nos municípios a conversa é com prefeitos e vereadores, com intuito de obter moções de apoio às pautas. Já na esfera nacional, conforme disse o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, o diálogo é com deputados e senadores. O movimento quer alcançar a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro, para que não tirem recursos das políticas públicas voltadas ao setor rural.

Fonte: Fetag-RS