São Luiz Gonzaga registra dois casos suspeitos de dengue  

(Divulgação)

Amostras coletadas foram encaminhadas para análise no Lacen/RS 

A Secretaria Municipal de Saúde encaminhou ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS) amostras coletadas de dois pacientes com suspeita de dengue. As amostras foram enviadas para análise na noite de quarta-feira (14). O resultado deverá ser divulgado nas próximas semanas.  

De acordo com a secretaria, o diagnóstico da dengue ocorre – geralmente – por meio de sorologia, determinando a presença de anticorpos contra o vírus no sangue. Nos últimos dez dias, os pacientes dos casos suspeitos de dengue realizaram viagens para outros municípios. Um dos pacientes está internado no Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG), após apresentar dores nas articulações e febre. 

Como medida preventiva, a Secretaria de Saúde executou o protocolo padrão para controle da proliferação do Aedes aegypti. A equipe de combate a endemias realizou a eliminação de possíveis focos do mosquito em quarteirões próximos as áreas de residência dos pacientes. 

Prevenção

A dengue é transmitida por mosquitos da espécie Aedes, os quais também são vetores do vírus zika e da Chikungunya. Entre os principais sintomas da dengue, estão febre alta (maior que 38,5ºC), dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.  

A Secretaria de Saúde solicita à população o auxílio no combate ao vetor, eliminando possíveis focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti. Entre cuidados que devem ser adotadas, não deixar água parada em pratinhos de plantas; evitar o acúmulo de água em calhas, pneus e ralos; manter caixas d’água fechadas; guardar garrafas com o gargalo para baixo; manter as piscinas tratadas adequadamente, entre outras ações.  

A saúde de toda a comunidade depende da atitude e do cuidado de cada um!    

Fonte: AI da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA