ACI entrega comendas às empresas que mais contribuíram no retorno de ICMS para São Luiz Gonzaga

Roberta Flores e Sidney Brondani entregam comenda ao casal Liliane e Valdinei Donato, da Cambaí Sementes, empresa que mais contribuiu no retorno de ICMS. (Foto: Enyel da Rosa/ACI)

Entregas foram feitas de forma individual, na sede da entidade, para evitar aglomerações, respeitando os protocolos sanitários

A Associação Comercial e Industrial de São Luiz Gonzaga realizou ontem, 20, a entrega das comendas às empresas que mais contribuíram na formação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), referente ao exercício de 2019, apurado em 2020. Por conta das restrições sanitárias, o evento ocorreu de forma “escalonada”, dividindo a entrega por grupos para evitar aglomerações e respeitar os protocolos de prevenção ao contágio pelo coronavírus.

A presidente da entidade, Roberta Flores, lembrou que a entrega estava prevista para dezembro do ano passado, mas precisou ser adiada por conta do agravamento da pandemia. “Resolvemos separar por grupos e entregar individualmente, pois não podíamos deixar passar o reconhecimento que essas empresas merecem”, comentou.

Se não teve oportunidade para a festa, por outro lado houve a chance dos empreendedores compartilharem um pouco sobre sua história e seu atual momento. Valdinei Donato, por exemplo, que dirige a Cambaí Sementes, líder do ranking com 19,40% de participação, falou sobre a “importância de contribuir para o crescimento do município” e que o último ano foi de muitas preocupações, especialmente com sua equipe de colaboradores. “Estamos conseguindo superar com saúde”, comemorou o empresário.

O vice-prefeito Piti Werle, que participou de um dos momentos da entrega, assim como o prefeito Sidney Brondani, explicou que esses recursos sustentam a máquina pública e permitem que o município pague seus compromissos e faça investimentos. “É de extrema importância que a ACI faça esse reconhecimento público. Gradativamente nosso ICMS está sendo nossa maior receita, já aconteceu de 2018 para 2019 e agora de 2019 para 2020. Esperamos que continue, pois é sinal que estão gerando empregos e renda. É isso que queremos”, afirmou.

Abaixo a relação das 25 empresas:

(Divulgação)

Fonte: Rádio São Luiz