Curso de Agronomia da UFFS – Cerro Largo elabora boletim climático que pode servir aos produtores da região

(Divulgação)

Mapeamento é divulgado a cada três meses e leva em conta os dados de 10 estações meteorológicas espalhadas pela região

O professor do curso de Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Cerro Largo, Sidinei Zwick Radons, falou hoje, 28, sobre o boletim climático elaborado pela unidade e que pode servir aos agricultores da região. Segundo o docente, o mapeamento leva em conta os dados de 10 estações meteorológicas espalhadas por municípios do entorno, incluindo São Luiz Gonzaga, e que foram instaladas, inicialmente, para atender um projeto na área da saúde do professor Anderson Spohr Nedel.

“O projeto do professor Anderson estuda os impactos do clima na saúde da nossa população e nós resolvemos aproveitar e interpretar estes dados também para a agricultura, conhecendo assim um pouco mais sobre como se comporta o clima. Na região só existem duas estações oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia, uma em São Luiz e outra em Santa Rosa; com essas conseguimos ampliar para mais 10 estações em cidades da região”, ressaltou Sidinei.

Por meio deste mapeamento, o grupo de estudo consegue elaborar prognósticos futuros e ajudar os agricultores a tomarem decisões durante o plantio. O próximo boletim, que deve sair no início de maio, por exemplo, trará informações sobre a previsão do que deve ocorrer até julho. “A informação é o principal insumo da agricultura”, comenta o professor.

O projeto ainda está em fase inicial, mas as informações já podem ser acessadas nas redes sociais da UFFS – Cerro Largo e no site da instituição. Além disso, a universidade encaminha o boletim para as secretarias municipais de agricultura e para a imprensa regional. Uma das metas é expandir para as cooperativas e todos aqueles que possam se beneficiar com as informações.

Iniciado em 2019, com a aquisição das 10 estações meteorológicas com o recurso público destinado para tal, atualmente a UFFS mantém parcerias com instituições e empresas para manutenção dos equipamentos e conexão à internet. A vida útil dos equipamentos é longa e poderá servir para vários projetos.

Sidinei ressaltou que a UFFS – Campus Cerro Largo está à disposição da comunidade e convidou os estudantes a conhecerem a instituição.

Fonte: Rádio São Luiz