Ciclista emagrece 44kg após aderir à modalidade e mudar o estilo de vida

(Divulgação)

Wandré Pobel chegou a pesar 130kg quando abandonou o sedentarismo, virou ciclista e agora se prepara para uma competição de triathlon

Wandré Pobel é um carioca que adotou o Rio Grande do Sul como lar e atualmente reside em São Luiz Gonzaga. O sedentarismo e a má alimentação o levaram a pesar 130kg, um peso muito acima do ideal para sua estatura.

Em agosto de 2018, aos 38 anos, após ser alertado por um médico sobre os riscos que corria, Wandré passou a pensar em como mudar a sua realidade. A prática de qualquer modalidade esportiva, no entanto, “era uma tortura”.

O medo de “não ver a filha crescer” deu forças para que ele superasse a dificuldade e iniciasse em uma modalidade que mudaria sua vida. Hoje, com 86kg (44kg a menos) e acumulando participação em competições de ciclismo de longas distâncias, ele se prepara para um novo enfrentamento, o Ironman 70.3 (1,9 km de natação + 90,1km pedalando + 21,1km correndo), com objetivo de “coroar a mudança e mostrar que é possível”.

Abaixo, um breve relato da história de superação de Wandré e a divulgação de uma “vakinha virtual”, pois a ida até Maceió, onde ocorrerá a prova de triathlon do Ironman 70.3 terá um alto custo.

“Em agosto de 2018, eu com 38 anos na época, ao abaixar-me para um simples fato de amarrar o cadarço, fiquei muito ofegante, interessante que ao meu lado estava um médico, que ficou assustado ao ver aquela cena e questionou-me sobre minha saúde e me orientou a realizar alguns exames, disse-lhe que tinha feito um em maio daquele ano e tinha o resultado comigo em meu e-mail, ele de pronto pediu para olhar e se assustou com o que viu e me fez a seguinte pergunta: “você tem uma filha pequena, certo?”, respondi que sim, e que ela tinha 5 anos,  e ele me fez outra pergunta: “gostaria de ver a adolescência dela?” e antes que eu respondesse ele me falou uma coisa que provocaria uma bagunça enorme na cabeça: “ você não chegará aos 50”.

Antes (31/12/2017 – 130kg); Depois (27/03/2021 – 87kg)

 

Ali começava uma tempestade em minha mente, o que eu faria para mudar isso? Essa resposta não vinha na minha cabeça, com 130kg qualquer prática desportiva era uma tortura. Até que em setembro daquele ano, meu cunhado veio nos visitar e trouxe uma bicicleta de presente para minha filha, e eu entrei numa loja para comprar um par de rodinhas para essa bicicleta e por impulso acabei comprando uma bicicleta para mim e outra para minha esposa, no momento mais otimista da minha vida achei que usaria a bicicleta no máximo uma dezena de vezes e depois ela ficaria tomando poeira e juntando teias de aranha na garagem, e pasmem! Ali iniciava a transformação, não imaginava que a história fosse ter um final tão feliz, o hábito de andar de bicicleta foi se tornando um “vício” e no final de 2018 eu já pesava 123kg e eu já sentia necessidade de rodar uns bons quilômetros por semana.

Em setembro de 2019 participei de uma prova chamada AUDAX 200, onde os ciclistas têm que pedalar 200km em até 13h30min, nessa ocasião já pesava 110kg, participei ainda de mais um AUDAX 200 e de um AUDAX 300, esse último em fevereiro de 2020. Veio a pandemia e com ela muitas incertezas, mas a única certeza que eu tinha era que eu precisava continuar treinando. Comprei um rolo de treino, equipamento que permite acoplar a bicicleta e pedalar na garagem, por exemplo, e comprei também uma esteira, passei os primeiros meses treinando na garagem e aos poucos, respeitando todos os protocolos sanitários comecei a realizar treinos sozinho nas ruas da cidade, em agosto de 2020 baixei dos 100kg, uma vitória, tinha eliminado mais de 30 kg e minha saúde agora era perfeita, exames clínicos normais, O ESPORTE TINHA SALVADO MINHA VIDA! Foi aí que veio a ideia de coroar esse processo fazendo algo grande, pra mostrar pra todos que é possível mudar, basta querer e me inscrevi para participar do IRONMAN 70.3 (1,9 km de natação + 90,1km pedalando + 21,1km correndo), hoje encontro-me treinando 6 dias da semana, peso atualmente 86kg (eliminei 44kg no total), mas tenho como maior adversário nesse momento os gastos para participar de tal evento, para isso eu lancei um projeto para captar patrocínio, uma vaquinha virtual e qualquer um pode ajudar. Conto com o apoio de todos. Link da vaquinha https://vaka.me/2023367 e quem quiser acompanhar todo o processo posto com frequência em meu instagran @wandre_atleta”.

Fonte: Rádio São Luiz