Vereadora Nara Mendes busca cumprimento de lei que estabelece atendimento psicológico e de serviço social na rede municipal de ensino

(Divulgação)

A proposição justifica que neste momento pandêmico, com todos os problemas que atingem os alunos, o suporte destes profissionais é ainda mais necessário

A vereadora Nara Mendes, do MDB, propôs nesta semana que o setor competente recepcione a Lei Federal 13.935/2019, que dispõe sobre a prestação de serviços de psicologia e de serviço social na Educação Básica na rede municipal de ensino. Nara destacou que por experiência própria, enquanto professora, sabe da dificuldade que é conseguir esse atendimento especializado.

Ela explicou que atualmente o encaminhamento de crianças com dificuldades e que precisam deste tipo de atendimento é feito para o Materno Infantil, mas como a demanda é sempre significativa, a espera é grande. A proposição justifica ainda que neste momento pandêmico, com todos os problemas que atingem os alunos, o suporte destes profissionais é ainda mais necessário. Nara mostra preocupação, por exemplo, com o retorno no pós-pandemia, justificando que a falta de uma rotina tornará o processo mais difícil. A Lei publicada em dezembro de 2019 estabelecia o período de um ano para as providências e cumprimento das suas disposições.

Carteiras para crianças com diagnóstico de autismo

Outra informação repassada pela vereadora é que o projeto que prevê a confecção de carteiras para crianças que têm diagnóstico de autismo está na reta final. A ideia conta com apoio da secretaria de Ação Social.

Aqueles que tiverem a identificação terão atendimento prioritário para não enfrentar filas, por exemplo. O projeto também estabelece uma ampla divulgação do grupo prioritário.

Fonte: Rádio São Luiz